Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

Música

Músico Paulo Casarin celebra 55 anos de carreira e recebe o Troféu Castelinho

0:00

Chegar a 55 anos de carreira no meio musical tendo tocado ao lado de ícones como Rita Lee, Pepeu Gomes, Lulu Santos e Engenheiros do Hawaii e permanecer firme na ativa não deve ser tarefa das mais fáceis. Mas o multi-instrumentista Paulo César Casarin não só acompanhou esses grandes nomes como se estabeleceu como uma referência na arte de encantar plateias Brasil e mundo afora.

Em razão de sua contribuição com a música – em especial o rock – ele recebeu, em sessão especial realizada nesta segunda-feira (4), a maior honraria do Poder Legislativo erechinense, o Troféu Castelinho, a partir de proposição do vereador Juares Bernardi (PSB).

Do Alto Uruguai aos grandes palcos do mundo

Paulo César Casarin nasceu em Aratiba, mas ainda muito jovem mudou-se com sua família para Erechim, onde iniciou sua história com a música ao ganhar do pai uma gaita. Ao longo dos anos, integrou diversos grupos da Capital da Amizade até se estabelecer como tecladista do The Crazy Boys. “Com sua humildade, sua persistência, o Casarin entrou na música e nos corações das pessoas. É um artista verdadeiro, vibrante e intenso”, elogiou o historiador Enori Chiaparini, amigo pessoal e parceiro musical do homenageado, recordando ainda sua bem-sucedida trajetória que culminou na mudança para Rio de Janeiro e São Paulo, em meados dos anos 70, onde Casarin se destaca a ponto de chamar a atenção de artistas já consagrados, tendo a oportunidade de apresentar seu talento em palcos como os das duas primeiras edições do Rock in Rio, do Carnaval da Bahia, do Festival de Jazz de Montreux e do Festival Internacional del Caribe, em Cartagena. “Uma história linda, dignificante, que precisaria de uma enciclopédia para ser contada. Casarin é um dos maiores artistas que esta terra já gerou”, completou Chiaparini.

“Um incentivo para continuar por muitos anos na estrada”

Representando os demais parlamentares, Bernardi se disse honrado em poder homenagear um cidadão que sempre levou o nome de Erechim para o mundo de forma alegre e vibrante. “É justa a homenagem que lhe dá a máxima honraria desta Casa Legislativa em reverência aos seus 55 anos de carreira e 70 anos de vida. O sorriso no rosto e a disposição para animar os fãs do rock do Alto Uruguai são marcas de Paulo Casarin. Músicos dominam a arte de trazer boas sensações, aquecer o coração e aquecer nossa mente. Parabéns por seu trabalho na música”, exaltou o vereador.

Emocionado com a homenagem, Casarin fez questão de frisar que, embora o reconhecimento da Câmara seja nominal a ele, o reconhecimento se estende a todos que estiveram ao seu lado ao longo de mais de cinco décadas de trajetória profissional. “Esse troféu não é só meu. É de todos os músicos que tocaram comigo. Ninguém faz nada sozinho. Eu tive a sorte e a capacidade de crescer, mas sozinho não ia chegar em lugar nenhum. Continuo sempre tentando fazer alguma coisa pela música. Essa homenagem vai me incentivar a continuar por muitos anos na estrada”, agradeceu Casarin, que não poderia deixar de dar uma demonstração de sua íntima relação com a música e, ao lado do amigo Chiaparini, tocou a clássica “Era um Garoto que Como Eu Amava os Beatles e os Rolling Stones”.

Câmara de Vereadores de Erechim

Notícias sobre vereadores, e comunicados para você Erechinense da Câmara de Vereadores de Erechim/RS

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
X