Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

Fashion

Filme sobre Elvis Presley ganha figurino da Prada

Um dos lançamentos mais aguardados desta edição do Festival de Cannes foi a biografia de Elvis Presley, dirigida por Baz Luhrmann (Moulin Rouge). Chamado simplesmente de Elvis, o filme não está na competição pela Palma de Ouro.

Pelo trailer a gente percebe as luzes e cores que compõem o imaginário de Luhrmann enquanto diretor e uma edição ligeira que mistura cenas coloridas com preto e branco e usa a música como principal ferramenta de conexão com o público. Aqui neste filme, o recorte é a dinâmica complexa entre Elvis (Austin Butler) e seu empresário Colonel Tom Parker (Tom Hanks) ao longo de 20 anos, do início de sua carreira ao seu estrelato.

A atuação de Austin Butler tem sido elogiada até mesmo por Priscilla Presley, que foi casada com Elvis de 1967 a 1973. “É uma história verdadeira contada de uma forma brilhante e criativa que apenas Baz poderia ter entregue. Austin Butler, que interpreta Elvis, é excelente”, escreveu em seu perfil no Facebook. Entre os candidatos para o papel de Elvis, também constava Harry Styles.

ELVIS (AUSTIN BUTLER) COM FIGURINO ASSINADO PELA PRADA. FOTO: CORTESIA WARNER BROS.

Além de bonito e talentoso, Elvis usava a estética de uma forma inteligente e consciente para se sobressair e construir uma imagem. A roupa passou a ser sua melhor aliada, compondo perfeitamente com seu cabelo e com os movimentos de seu corpo. Quem assina o figurino do filme é Catherine Martin, figurinista super premiada (ganhou o Oscar por The Great Gatsby e Moulin Rouge) e esposa de Baz Luhrmann.

E quem está por trás das roupas que vamos ver no longa é ninguém menos que Miuccia Prada, que colaborou com Baz e Catherine criando vários looks para os personagens principais, criando peças feitas especialmente para o filme e revisitando modelos dos arquivos da Prada e da Miu Miu (agora ficou claro porque todo o elenco do filme apareceu no Met Gala vestido de Prada).

LOOK CRIADO PARA O PERSONAGEM DE PRISCILLA PRESLEY / CORTESIA PRADA

Tanto Miuccia quanto Catherine tiveram que rever o trabalho de um outro figurinista, Bill Belew, que desenhou as icônicas roupas de Elvis – pessoais e de shows – partindo do especial “Elvis” de 1968 na NBC, até sua morte, em 1977. “Bill Belew mudou a cara da moda rock ‘n’ roll”, diz ao The Guardian o historiador de figurinos de Presley, Butch Polston. “Foi ele quem criou o visual do macacão”, relembra, fazendo referência aos macacões extravagantes e adornados com joias, cintos largos e capas combinando que tornaram-se marca registrada de Elvis nos anos 70.

Os ternos coloridos e metalizados também são icônicos, como o de lamê dourado que ele usou na capa de seu álbum de estreia, 50.000.000 Elvis Fans Can’t Be Wrong, mas o trabalho de Presley e Belew era colaborativo, daí certamente o segredo de uma parceria tão astronômica, longa e bem sucedida.

O ATOR AUSTIN BUTLER COMO ELVIS PRESLEY / FOTO: REPRODUÇÃO

Certa vez, Elvis estava se preparando para seu retorno ao vivo em Las Vegas, em 1969, e pediu a Belew para criar algo único com o qual ele pudesse facilmente se mover, assim como seu kimono de karatê. O resultado foi uma roupa de duas peças, inspirada no karatê-gi (denominação formal para o uniforme de treinamento de karatê), nas versões preto e branco.

Mas o look favorito de Presley era o Peacock Suit, que tinha um pavão bordado na frente e nas costas com as penas descendo pelo traje. Muitas dessas peças foram reconstruídas para o filme, assim como o macacão preto de couro, os ternos coloridos e as camisas de renda.

Esta colaboração renova a relação de longa data entre Miuccia Prada, Baz Luhrmann e Catherine Martin, que já havia resultado na criação de peças exclusivas para O Grande Gatsby em 2013, e ainda mais cedo nas roupas de Leonardo DiCaprio no filme Romeu e Julieta de 1996 – um intercâmbio artístico que reflete perfeitamente a atitude multidisciplinar da Prada através de uma criatividade que se nutre de um diálogo constante com os universos da arte, do cinema e da arquitetura.

Assista abaixo ao trailer oficial legendado:

Por Uol

Mostrar mais

Cassio Felipe Tartas Rogalski

Sou formado em Letras e Jornalismo com especialização em Relações Internacionais e Diplomacia. Professor, jornalista, autor, colunista e analista de Relações Internacionais. Sou apaixonado por línguas, filosofia, escrita, livros em geral, música, viagens e café.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo