Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

Geral

Dia do Administrador – a busca pela sinergia entre pessoas, estruturas e recursos .

“Gerenciamento é substituir músculos por pensamentos, folclore e superstição por conhecimento, e força por cooperação.”

Peter Drucker

A data é comemorada no dia 9 de setembro e a escolha não foi acaso. O Dia Nacional do Administrador foi definido em razão da assinatura da Lei Federal nº 4.769/1965, que criou e regulamentou a profissão no Brasil. Posteriormente, o dia do Administrador foi instituído pela Resolução CFA nº 65/68, de 09/12/68, pelo Conselho Federal de Administração.

O fato histórico foi determinante para a modernização e desenvolvimento econômico brasileiro, sendo o marco do começo de uma nova época. A atividade, que antes era exercida por pessoas da área de Direito, especializadas em Direito Administrativo, foi profissionalizada. E a função do Administrador na atividade empresarial, na iniciativa privada ou setor público, é hoje devidamente reconhecida, sendo de fundamental importância para o desenvolvimento das organizações inseridas nestes meios.

A data é dedicada a homenagear o administrador, profissional responsável por gerenciar uma organização, privada ou pública, e que pode atuar em diferentes áreas.

O profissional de Administração pode exercer funções em múltiplos segmentos, tais quais, empresas familiares, na administração hospitalar, financeira ou rural, gestão de pessoas, processos e risco, na gestão estratégica, no marketing, na tecnologia da informação, consultoria, comércio internacional, logística, órgãos públicos ou docência.

Desde 1965, incontáveis ideias, produtos e serviços inovadores remodelaram a organização da sociedade e possibilitaram a chegada da era digital. Atualmente, os profissionais da administração precisam estar aptos a lidar com muitas variáveis, em diversos cenários, tornando árdua, para estes, a possibilidade de poder prever os impactos de suas ações e escolhas.

Nesse sentido, o Administrador precisa estar preparado para tomar as decisões acertadas e gerir com eficiência e eficácia, voltar sua atenção para o desenvolvimento de suas habilidades – por meio do aperfeiçoamento constante de seus conhecimentos teóricos ou aplicados, considerando os temas pertinentes a sua área de atuação. E entender as macrotendências dos diversos cenários a sua volta, e suas variáveis econômicas, políticas e ambientais, buscando soluções e oportunidades através de uma visão holística, e a busca da sinergia entre pessoas, estruturas e recursos.

Lidar com imprevistos, superar desafios, buscar saídas, planejar ações estratégicas, coordenar pessoas e controlar situações estão entre as principais atividades de quem administra um negócio ou organização.

Palavra de Administrador

O Roda de Cuia conversou com o administrador Ederson Leandro Jara, diretor da GL Fibra Telecom, sobre aspectos relacionados a função de administrar.

Sobre a importância do administrador para a sociedade e as organizações, Ederson explica que o papel do profissional se expande para além dos empreendimentos:

“As características necessárias para seguir na carreira é ser adaptável, buscar conhecimento contínuo, conhecer a si mesmo e ter uma missão consciente de onde está e aonde se quer chegar”, Ederson Leandro Jara

“Acredito muito no papel do administrador dentro das organizações e acima de tudo sendo colaborativo dentro da sociedade.

Hoje um administrador precisa ser resiliente, ajudando empresas e pessoas a explorar o seu potencial ao máximo, mostrando os principais caminhos e ferramentas necessárias para alcançar os objetivos.”

Acerca do perfil necessário para exercer a profissão, Ederson aponta a necessidade de aliar conhecimentos teóricos com vivência:

“Durante muito tempo a profissão Administrador não era levado a sério ou considerada necessária dentro das organizações, pois toda pessoa se considerava administrador de sua empresa ou organização, mas com a evolução dos processos e a busca pela performance isso foi mudando e ganhando uma ênfase grande, surgindo um campo vasto de trabalho.

Acredito que o perfil adequado ou as características necessárias para seguir na carreira é ser adaptável, buscar conhecimento contínuo, conhecer a si mesmo e ter uma missão consciente de onde está e aonde se quer chegar.

Outro ponto importante da profissão é conhecer todas as áreas específicas dentro da administração e tentar encontrar qual área você tem mais afinidade, concentrar maior ênfase de estudo, mas de nada adianta todo conhecimento teórico sem a vivência e a prática do dia a dia, as relações com as pessoas fazem toda a diferença no crescimento e evolução de um bom administrador.

O reconhecimento de um administrador não vem pelo diploma de graduação, mas sim pelos seus resultados mostrados, pelas suas atitudes, ações e principalmente pelo respeito das pessoas, equipe, empresa e da própria sociedade aonde está inserido.”

Como o símbolo de Administração foi criado?

Em 1979, foi promovido pelo Conselho Federal de Administração um concurso nacional para escolha do símbolo de Administração. Para compor o corpo de jurados, foram convocados especialistas na área de arte, design e personalidades ligadas diretamente ao Conselho. Os jurados tinham a tarefa de escolher o símbolo que transmitisse a identidade do curso e a honra da profissão.

O concurso obteve um total de 309 artes para a disputa, porém apenas 40 trabalhos foram selecionados para a primeira etapa. No dia 9 de abril de 1980, os últimos 10 trabalhos foram escolhidos para a segunda fase.

Com uma final bastante acirrada, em virtude das distintas linguagens gráficas apresentadas, o símbolo de Administração escolhido foi o desenvolvido pelo grupo Oficina da Criação da cidade de Curitiba/PR, permanecendo até os dias atuais.

Símbolo da Administração

Qual o significado do símbolo?

O símbolo da Administração é um emblema formado por setas e triângulos a partir de um quadrado, carregando o significado de meta comum e organização.

Segundo a Oficina da Criação, desenvolvedora do símbolo de Administração, a ideia inicial para a concepção do emblema foi um quadrado perfeito que representa o equilíbrio entre diversas forças.

Dobrando as pontas do quadrado, são formadas 4 setas, as duas apontadas para o exterior indicam os objetivos e metas a serem conquistados pelos profissionais da área.

As setas apontadas para o centro representam os principais objetivos da profissão: coordenação, planejamento, direção e organização.

A cor escolhida para este emblema é o azul que representa a criatividade e sabedoria. 

Compreender o significado do símbolo é compreender a essência da Administração.

Fonte: com informações do CFA

Mostrar mais

R. Santos

Redator.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo