Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

Educação

Comitê EmFrente,Mulher e Seduc lançam curso para professores sobre prevenção à violência contra a mulher

Foi realizado nesta segunda-feira, 30, o lançamento do curso de capacitação para professores de escolas gaúchas sobre prevenção à violência contra a mulher. Iniciativa do Comitê EmFrente,Mulher – Comitê Interinstitucional de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, coordenado pelo Programa RS Seguro, o curso “Guris e Gurias: Desafios da Igualdade” é realizado em parceria com a Secretaria Estadual da Educação.

A iniciativa busca conscientizar as comunidades escolares e capacitar professores para a abordagem sobre o tema de combate à violência contra a mulher por meio da inclusão de temas transversais aos componentes curriculares, visando prevenir a violência doméstica e de gênero. Além de trabalhar conceitos sobre a temática, serão trazidos exemplos de atividades que poderão ser utilizadas pelos professores em sala de aula.

A ação será no modelo EAD, com carga horária de 60h e estará disponível no Portal da Educação da Seduc para professores de todas as redes.

Combater a desigualdade de gênero e a violência contra a mulher

A secretária da Educação do Rio Grande do Sul, Raquel Teixeira, destacou a necessidade do fortalecimento de ações que combatam a desigualdade de gênero e a violência contra a mulher. “Temos que nos conscientizar que, no Brasil, homens e mulheres ainda aceitam uma cultura patriarcal machista que não tem sentido no mundo de hoje. Temos que entender que o combate à desigualdade não é uma questão da mulher, é uma questão da sociedade e da democracia”, salienta.

O secretário-executivo do RS Seguro, delegado Antônio Carlos Padilha, destacou a importância do trabalho transversal realizado pelo programa junto às secretarias de Estado.“Temos muito claro que a violência, além de assunto de segurança, é também uma questão social e econômica. Trabalhamos para fomentar iniciativas de prevenção no centro das agendas de cada uma das pastas do governo. Este é um papel que o RS Seguro vem cumprindo e, em especial, com o Comitê EmFrente,Mulher”, aponta.

A líder do projeto “Gurias e Guris: Desafios da Igualdade”, dra. Fabiana Pagel, ressaltou a importância de ações dentro das instituições de ensino do Rio Grande do Sul como uma estratégia efetiva para uma nova atitude nas relações entre homens e mulheres. “Nós acreditamos que essa mudança cultural de violência contra a mulher passa pela educação. Se há uma forma de modificarmos a ideia de que os homens precisam resolver situações com violência, é por meio da educação”, explica.

CLIQUE AQUI PARA FAZER A INSCRIÇÃO

Fonte: Seduc

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo