Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

Tecnologia

Tesla anuncia robô e ele é projetado para ser à prova de revolta das máquinas

Ontem (19) foi o evento Tesla AI Day, a versão deste ano da conferência anual que antes já abordou, entre outras, veículos autônomos. Nele, o CEO Elon Musk surpreendeu ao anunciar a entrada de sua montadora de automóveis num ramo completamente diferente de negócios: robôs.

Confira o Evento na integra:

Do tipo humanóide, como os da Boston Dynamics. Mas menos assustadores. Ou nem tanto, julgue por si mesmo:

Por que uma fábrica de carros decide criar robôs? Porque pode, basicamente. “O robô não é motivado especificamente por necessidades industriais”, afirmou Musk na apresentação. “Só estamos obviamente fazendo as peças que são necessárias para um robô humanóide útil, então acho que provavelmente devíamos fazê-lo. E, se não fizermos nós, outros farão, então acho que devemos fazer e ter certeza que é seguro.”

Robô da Tesla se baseia em carros

Talvez seja só o famoso marketing muskiano. Ou talvez tenham mesmo algo na manga, porque a base toda do projeto, segundo Musk, são os algoritmos e componentes já usados em carros.

O robô terá uma altura de 1,76 metros e peso de 56 kg, construído em um material de liga leve. A cabeça será equipada com câmeras de piloto automático, que já estão sendo usadas pelos veículos da Tesla para detectar o ambiente. Oito no total.

O plano é que seja capaz de realizar tarefas inseguras, repetitivas ou enfadonhas. Musk deu um exemplo banal, fazer compras em uma loja. O CEO também disse (agora certamente fazendo marketing muskiano) que, no futuro, fazer tarefas físicas “será uma escolha”.

Está sendo projetado para ser amigável e para ser “dominado” por humanos fisicamente. Isto é: pra você ganhar dele numa briga. E terá também uma velocidade máxima limitada a 8 km/h. Segundo Musk, a ideia neste caso é facilitar para que as pessoas possam sair correndo dele.

Outro projeto tratado no Tesla AI Day tem algo de Skynet em si: é o Dojo, um supercomputador destinado a treinar carros (e, se procede tudo acima, robôs) navegar pelas ruas da cidade sem ajuda humana. Previsto para estar operacional no próximo ano, o Dojo será alimentado por centenas de chips D1 projetados pela Tesla.

Fonte: Tesla Day (https://twitter.com/Tesla)

Imagens: Tesla (https://twitter.com/Tesla)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo